Share Button

O Serviço de Acesso Seguro de Borda , também conhecido como SASE a partir do termo inglês Secure Access Service Edge, é um conceito criado pela Gartner, em 2019, que engloba a segurança de rede com a sua conectividade.

As discussões sobre o SASE têm se intensificado devido à transformação digital das empresas, as quais continuamente migram para a nuvem e encontram, neste cenário em que os dados armazenados podem se espalhar por muitos lugares, uma maior preocupação sobre a sua proteção.

Indo além da segurança de rede

É comum que o SASE seja procurado ou mesmo vendido como um produto de segurança da computação em nuvem, no entanto, ele não pode ser visto dessa forma. O mais importante é entendê-lo como um conceito de conexão ideal que está sendo desenvolvido pelas grandes companhias. Desse modo, o SASE é uma arquitetura de rede que envolve recursos de segurança da nuvem, como CASB, SWG e ZTNA, e de conectividade de rede, por exemplo, a SD-WAN.

Isso porque ele enxerga tanto a segurança de rede quanto sua conectividade como fundamentais, dessa maneira, devem ser articuladas juntas, necessitando de apenas uma operação. O benefício aos usuários a partir daí é uma gestão centralizada e que otimiza o trabalho da equipe.

Pense no acesso a um data center pelos usuários de uma empresa. Eles precisam passar por duas etapas: a de políticas de segurança e a de conectividade de rede. Com um protótipo SASE completo implementado, os funcionários passariam por uma etapa única. Isso ainda não ocorreu em totalidade, afinal, esse modelo de rede ainda está sendo estudado para ser possível no futuro. O SASE, então, não é uma realidade para qualquer fornecedor, porém, mesmo com os desafios, algumas empresas estão mais adiantadas nesse desenvolvimento, como a Cisco.

Quais são esses avanços?

A Cisco é uma companhia líder em tecnologia que já oferece soluções que convergem SD-WAN e segurança da computação em nuvem e está avançada nos mecanismos de orquestração desses aplicativos, podendo entregar o modelo de arquitetura de rede idealizado do SASE.

Empresas que optam por programas da Cisco já encontram facilidades na integração da segurança de rede com a conectividade, além de serem capazes de reduzir custos, dado que podem comprar um pacote com as duas soluções reunidas.

Para entender como a sua empresa consegue se aproximar do SASE, a Vita IT oferece uma consultoria que verifica os programas que a instituição já possui e analisa, de acordo com suas necessidades, quais ela ainda precisa adquirir para trabalhar de forma efetiva. Percebe que a complexidade no gerenciamento das tarefas administrativas interfere no andamento da sua empresa? A Vita IT o ajuda a encontrar a melhor solução para uma rede bem orquestrada que ainda garante outros benefícios.

Vantagens de um modelo SASE

Além da agilidade em tarefas administrativas que ocasiona a economia de tempo, um modelo que une segurança de rede e conectividade permite maior facilidade na manipulação dos programas. Dessa forma, não é necessário que apenas profissionais extremamente especializados lidem com as configurações de TI da empresa. Como consequência, há a diminuição dos custos com uma mão-de-obra que, na realidade atual do mercado, está escassa.

Todos ganham com a boa orquestração em TI, tanto a equipe responsável por ela, quanto os usuários finais da rede que conseguem acessá-la mais facilmente. Assim, a empresa conquista um funcionamento eficaz, veloz e seguro, não importa em que dispositivo e em qual lugar os funcionários estejam conectados.

Venha conhecer melhor os benefícios de uma gestão centralizada pelo modelo SASE. Entre em contato com a Vita IT e entenda como sua empresa pode ir além. 

Recommended Posts

Deixe seu comentário